Tratamento de Linfadenites Inespecíficas

Secretaria de Estado da Saúde - SESAU

Av. da Paz, 978 - Jaraguá, Maceió - AL, 57022-050

Contato: (82) 3315-1103/1104/1105

Email: sesau@saude.al.gov.br

Informacional

O que é?

Linfadenite é uma infecção dos gânglios linfáticos que pode ser causada por qualquer microorganismo, bactérias, vírus, protozoários, entre outros. A infecção normalmente se propaga até um gânglio linfático a partir da pele, nariz, olhos ou ouvido

O tratamento da linfadenite irá depender do microorganismo que causou a infecção. Caso seja uma infecção bacteriana normalmente é administrado um antibiótico por via endovenosa ou oral.

Outros medicamentos que podem ser utilizados para tratar a linfadenite são: analgésicos para controlar a dor, anti-inflamatórios e compressas. A cirurgia pode ser necessária para drenar um abcesso.

Quem pode realizar?

Pacientes em atendimento ou internos nas Unidades de saúde da Rede Estadual de Saúde

Requerimentos

Pacientes em atendimento ou internos nas Unidades de saúde da Rede Estadual de Saúde

Paciente atendido na unidade hospitalar  ter prontuário medico

Ter prescrição médica solicitando o serviço

Pacientes  em atendimento nas Unidades de saúde da Rede Estadual de Saúde com prontuário de atendimento

Para maiores informações contacte Secretaria de Estado da Saúde por telefone (82) 3315-1103/1104/1105 ou por email sesau@saude.al.gov.br

Tempo estimado para realizar este serviço

Em até 20 minutos

O tempo estimado para realização do serviço médico de urgência e emergência é bastante relativo, pois o paciente será classificado em função do seu quadro de saúde, avaliando e identificando os pacientes que necessitam de atendimento prioritário, de acordo com a gravidade clínica, potencial de risco, agravos à saúde ou grau de sofrimento

Etapas para a realização deste serviço

  • 1

    Atendimento



    • Pacientes atendidos nas unidades 

    • O paciente é atendido na recepção e encaminhado  ao serviço de enfermagem que faz a triagem e encaminha ao atendimento Médico  para avaliação e procedimentos

    •  

    • Atendimento Medico

    • O medico atende o paciente  avalia e encaminha para procedimentos necessários para oTratamento de Linfadenites Inespecíficas como exames  , fazer medicação , internar, encaminhar para um serviço especializado ou um serviço de Emergência conforme a necessidade do paciente.

    •  

    O medico atende o paciente avalia e encaminha para procedimentos necessários como exames, fazer medicação, internar conforme a necessidade do paciente.

     



    • No caso de ser atendido no HGE e UEA  

    • O paciente é acolhido na recepção, onde é preenchida ficha de cadastro e encaminhado para classificação de risco realizado pela enfermeira que após a classificação encaminha atendimento conforme a prioridade e urgência de atendimento.

    Atendimento Medico

    O paciente é encaminhado após classificação de risco para atendimento medico

    O medico atende o paciente avalia e encaminha para procedimentos necessários, para o Tratamento de Linfadenites Inespecíficas como exames, fazer medicação, internar; assim como se necessário solicitar avaliação de especialista conforme o quadro clinico do paciente e de  acordo com o protocolo de acesso.

     

    Documentos necessários:

    • Prontuário do paciente
    • Solicitação Médica (com carimbo e assinatura) para realização do serviço
    • Cartão do SUS
    • Carteira de identidade

    Canais de atendimento:

    • presencial: Presencial: Nas Unidades de saúde da Rede Estadual de saúde que realiza atendimento

Outras Informações

O tempo estimado para realização do serviço médico de urgência e emergência é bastante relativo, pois o paciente será classificado em função do seu quadro de saúde, avaliando e identificando os pacientes que necessitam de atendimento prioritário, de acordo com a gravidade clínica, potencial de risco, agravos à saúde ou grau de sofrimento.

Requisitos necessários para o solicitante 

Ser paciente atendido na unidade hospitalar e ter prontuário médico

Ter prescrição médica solicitando o serviço

Este é um serviço atende ao Decreto n° 9.094, de 17 de julho de 2017.

 

Tratamento a ser dispensado ao usuário no atendimento

 

•             O usuário deverá receber, conforme os princípios expressos na lei nº 13.460/17, um atendimento pautado nas seguintes diretrizes:\n• Urbanidade;\n• Respeito;\n• Acessibilidade;\n• Cortesia;\n• Presunção da boa-fé do usuário;\n• Igualdade;\n• Eficiência;\n• Segurança; e\n• Ética.

 

Informações sobre as condições de acessibilidade, sinalização, limpeza e conforto dos locais de atendimento.

•             O usuário do serviço público, conforme estabelecido pela lei nº13.460/17, tem direito a atendimento presencial, quando necessário, em instalações salubres, seguras, sinalizadas, acessíveis e adequadas ao serviço e ao atendimento.

Informação sobre quem tem direito a tratamento prioritário

•             Tem direito a atendimento prioritário as pessoas com deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas com crianças de colo e os obesos, conforme estabelecido pela lei 10.048, de 8 de novembro de 2000

 

Para mais informações entrar em contato através do telefone, e-mail ou comparecer  setor de Radiologia das Unidades de saúde da Rede Estadual de Saúde onde foi realizado o serviço.

Este serviço é gratuito para o solicitante

Este é um serviço da(o) Secretaria de Estado da Saúde. Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões entre em contato por meio do(s) telefone(s) .